Annabel Lee
Performance

 documentação 

Ponto de encontro/Meeting point: bar da praia
Zambujeira do Mar
6 de Setembro
19h

Paula Rodrigues
Dos confins profundos do oceano uma mulher volta com o desejo obsessivo de reencontrar algo perdido, de encontrar a sua forma perdida. Tal como à performer, que a expressa, é dado um tempo de ser e estar com os outros sendo ela mesma e Annabel Lee com o tempo de um pôr-do-sol antes de voltar a mergulhar no abismo aquático do esquecimento, o passado.

Annabel Lee é um nome, um nome de uma mulher morta, amada e enterrada, uma mulher de um poema, um poema de Edgar Allan Põe, assim intitulado. Annabel Lee é um nome que designa também a performer no seu caminho para encontrar a presença da morta que existe em si mesma. Um nome e um corpo. Um nome para o papel e para os títulos de referência a um acontecimento que é o do corpo. O corpo de uma presença que se insinua no espaço para se perder nele, e em certa medida para se perder de si mesmo. Não será o corpo a primeira coisa que perdemos, ou, que nunca chegamos a possuir verdadeiramente? Acho que ouvi esta frase nalgum lugar, o sussurro de um morto, a tentativa de reabilitar referências no tempo presente. Todas as memórias, imagens e sonhos, conduzidas pela obsessão de um desejo traduzem-se assim numa presença que evolui no espaço através do movimento e da sua expressão. Mais do que histórias traz imagens e sensações expelidas de um caos nocturno, por vezes burlesco. Annabel Lee é o primeiro ser de vidro descoberto pela performer, a sua fragilidade reside na sua obsessão. Uma morta que não se resigna e que, no entanto, não pode escapar à sua condição, a de estar viva. Um corpo que se abre para receber e para falar, numa língua tão estranha quanto inútil, a língua dos sonhos que ela conhece. Tanto que, no final, talvez, fique apenas a mulher, a areia, o mar e o sol que desaparece. Ou, quem sabe a mulher desapareça, como seria de esperar de um morto bem comportado.


ÍNDICE DETALHES

ANA BEZELGA
Performance

ANA PASCOAL
Instalação

ANDAMENTO
Criação e Investigação

ERVAS & AROMAS
Concerto

ENSEMBLE JER
Concerto

FRUIT MUSIC
Concerto

GÉMEO LUIS
Exposição

KUBIK
Cineconcerto

MARGARIDA CHAMBEL
Fotografia

MIMI OKA & DOUG FITCH
Intervenção

o B. I. da abóbora…
Exposição

PANTAGRUEL NO CAMPO
Cinema na esplanada

PAULA RODRIGUES
Performance

PEDRO ALMEIDA (ACUR)
Performance / Concerto

RECKLESS SLEEPERS
Workshop / Performance

REFEIÇÃO TEMÁTICA
Almoço

REPRESENTAÇÕES
Encontros

SONIC KITCHEN
Concerto

TEATRO DELLE ARIETTE
Teatro

TERRAS DO XISTO
Semana Cultural

VÍDEO SHOW
Vídeo / Instalação

WALDEN
Teatro