spacer
line
APRESENTAÇÃO 
DESTAQUES 
PROGRAMA 
DETALHES 
NEWSLETTER 
APOIOS 
FICHA TÉCNICA 
CONTACTOS 
 
 
line
line
   DETALHES
arte e jogo
(PT)
Exposição
Malachi Farrell, Jan Kopp, Kasimir Marin, Nathalie van Doxell, Joana Vasconcelos
Comissariada por Jacinto Lageira

15 de Setembro a 3 de Novembro
Teatro Municipal da Guarda, Galeria,
Guarda
De terça a sexta:
das 17.00 às 19.00 e das 21.00 às 23.00
Sábados:
das 14.00 às 19.00 e das 21.00 às 23.00
Domingos:
das 14.00 às 19.00
Encerra às segundas

Entrada Livre

Sobre o Projecto

Se os homens decerto jogaram desde a mais remota idade, donde o homo sapiens se faz também, por essa característica, homo ludens (o homem que joga), é só no século XVIII que a noção de ‘jogo’ se torna equivalente à de ‘arte’, tal como o sublinhou o pai da ideia, o filósofo F. Schiller (Cartas sobre a educação estética do homem, 1795).

Sabemos que a arte moderna e contemporânea procurou e estimulou esta aproximação, por vezes até as fazer sobreporem-se, como aconteceu com certas obras dadaistas, surrealistas, do OuLiPo (Queneau, Perec, Roubaud), ou ainda no movimento Fluxus. Ceros jovens artistas integram actualmente esta dimensão lúdica nos seus trabalhos, continuando a a redefinir as relações entre arte e jogo, quer em formas complexas e sérias como nas suas ramificaçõe lúdicas, brincalhonas e divertidas, tato mais que uma arte com a qual fosse impossível jogar (em todos os sentidos do termo), perderia por esse facto a sua natureza artística.

Desejo apresentar alguns artistas cujas obras têm por princípio a noção de jogo, precisamente na acepção antes definida, de obras nas quais a seriedade do jogo não impede absolutamente de jogar com a seriedade da arte.

Neste quadro, proponho uma exposição de cinco artistas cujo trabalho explora em parte esta problemática. Trata-se de Malachi Farrell (irlandês, vive em Paris); Marin Kasimir (alemão, vive em Bruxelas); Jan Kopp (alemão, vive em Paris); Nathalie van Doxell (fracesa, vive em Paris e Lisboa); Joana Vasconcelos (portuguesa, vive em Lisboa).

Jacinto Lageira

Os artistas
Malachi Farrell
(mais info)
Malachi Farrell, artista cinético, nasceu em 1970 em Dublin, Irlanda. Formado pela École Régionale des Beaux-Artes de Rouen (1987-1992), pelo Institut Supérieur des Hautes Etudes de Paris (1993) e pela Rijksakademie de Amesterdão (1994-1995), a sua obra caracteriza-se pela conjugação de efeitos de som e luz com coreografias “electromecânicas” (ou seja, executadas por objectos articulados por circuitos eléctricos, concebidos igualmente pelo autor). A conjugação entre trabalho manual e tecnologia permite ao autor conceber dispositivos dotados de uma força teatral que transporta o espectador para uma experiência carregada de emoção e com uma mensagem política – levar cada um a tomar consciência dos seus deveres para com a sociedade. A questão das origens também figura na obra deste artista, o que se pode aferir pela fusão entre a sua cultura de origem (irlandesa) e a sua cultura de “acolhimento” (francesa).

Jan Kopp
(ver site oficial)
Jan Kopp nasceu em 1970 em Frankfurt am Main, Alemanha. Actualmente, vive e trabalha em Paris, dando corpo a um trabalho onde as disciplinas permanentemente se cruzam, com claro destaque para as artes performativas e para os audiovisuais. Trabalha regularmente com Marco Berrettini e a Companhia Melk Prod* (França). As suas obras têm integrado exposições colectivas e individuais um pouco por todo o mundo. Jan Kopp concebe regularmente obras para espaços públicos.

Kasimir Marin
(mais info)
Kasimir Marin nasceu em 1957 em Munique, Alemanha, mas, actualmente, vive e trabalha em Bruxelas, Bélgica. O trabalho deste artista pode definir-se como essencialmente político, pois que se apresenta como parte integrante do espaço público. A cidade é, para este artista, o universo de inquirição no qual profundamente enraíza o seu trabalho, como acontece nas suas fotos panorâmicas e nas instalações fotográficas com que re-interpela o olhar a verter sobre o território. As formas lúdicas, como o puzzle, a que emblematicamente recorre, cumprem igualmente essa dimensão e levaram críticos como Pierre-Olivier Rollin a falar de uma estética inseparável de uma ética na obra de Marin.

Nathalie Van Doxell
(ver site oficial)
Nathalie Van Doxell nasceu em Paris e, actualmente, divide-se entre esta cidade, Nova Iorque e Lisboa. Formada pela École du Louvre, pela École des Hautes Études e pela Université Paris VIII, esta artista (também professora e ensaísta) usa como matéria-prima a fotografia e o filme, sendo o tema recorrente das suas obras as aparências, o “estar em sociedade”, o confronto entre as duas dimensões do ser humano – a individual e a social. As suas obras são, assim, um convite à introspecção individual, um confronto do espectador consigo mesmo.

Joana Vasconcelos
(ver site oficial)
Joana Vasconcelos nasceu a 8 de Novembro de 1971, em Paris. Artista plástica com reconhecimento crítico iternacional, é considerada como uma das figuras mais marcantes da última década. Formou-se no AR.CO, em 1996. Trabalha frequentemente com escultura e instalação. Os seus trabalhos estão patentes em várias colecções privadas europeias. Em 2005, a artista apresentou A Noiva na Bienal de Veneza.

As Obras dos Artistas
Malachi Farrell apresentará obras robotizadas. Uma é animada por computador (mede sensivelmente 8 metros): vários pares de sapatos de desporto agitam-se e movem-se como verdadeiros pés, ao som de música. A outra peça é um cão polícia, também mecânico, que pode colocar-se à entrada da exposição;
Marin Kasimir apresenta fotografias feitas com recurso a uma máquina rotativa (embora não se trate de um filme) e esculturas no chão, todas constituídas pela forma bem conhecida do puzzle;
Jan Kopp deseja apresentar dois curtos vídeos em articulação com maquetas de arquitectura, desta vez brincando com a redução e o modelismo: um etádio, um pequeno arranha-céus em metal (cerca de 2,5 metros de altura) e, eentualmente, uma pequena casa em cimento de cerca de 1,5 metros dee altura, colocada na paisagem ou num jardim;
Nathalie van Doxell apresentará igualmente uma obra para o chão, com características e formas de um puzzle;
Joana Vasconcelos apresentará a peça We are the best team (Ferro, Leitor de Mp3, amplificador, 1 coluna, vidro, MDF, crochet, PVC e cabedal).

Sobre a Galeria
A Galeria de Arte do TMG, inaugurada em Abril de 2005, recebe artistas nacionais e internacionais de renome, bem como artistas locais com percursos de relevo.
Expuseram na Galeria de Arte, entre outros, Júlio Resende, Júlio Pomar, Manuel Cargaleiro, Sofia Areal, Graça Morais, Teresa Dias Coelho, João Castro Silva, Fernanda Fragateiro, Maria Oliveira, Júlio Cunha, Pedro Figueiredo, Elizabeth Leite. Referência ainda para a exposição Da Escrita à Figura, realizada em colaboração com a Fundação de Serralves, Eflúvio Magnético [Síntese], de Pedro Paiva e João Maria Gusmão, realizada em colaboração com a Galeria ZDB, e 3 Pintoras da Alemanha, exposição comissariada por Maria Lino, que recebeu trabalhos de Ingrid Kerma, Liane Birnberg e Gerda Lepke.

green campo de jogos
 Marin Kasimir
green
campo de jogos
 Marin Kasimir
green
graffonic
 Joana Vasconcelos
green
graffonic
 Malachi Farrell
green

 

line
spacer
line
 I N D I C E
 ANABELA DUARTE (PT)
 Concerto
 ANDRÉ RANGEL E A-K SIEGEL (PT)
 Projecto Graffonic
 Amarante Abramovici (PT)
 Tiago Afonso (PT)
 Oficina de edição video
 AMÍCAR VASQUES DIAS (PT)
 Ervas e Aromas
 ARTE E JOGO(PT)
 Exposição
 COLECÇÃO B (PT)
 Andamentos
 COLECÇÃO B (PT)
 Campo de Jogos
 COLECÇÃO B (PT)
 Dar que fazer
 COLECÇÃO B (PT)
 Estendal do mundo
 CIRCO: HISTÓRIA(S), IMAGEM(NS),
 PRÁTICA(S) (PT)
 Curso internacional sobre o circo
 FIL ROUGE (FR)
 Oficinas de formação
 FIL ROUGE (FR)
 Lanka
 GALAPIAT (FR)
 Novo circo
 GUILLERMO GÓMEZ-PEÑA (MEX/USA)
 Mapa Corpo
 LITERATURA E HOSPITALIDADE (PT)
 Encontros
 PROJECTO MENA (PT)
 Teatro
 REGINA GUIMARÃES E SAGUENAIL (PT)
 Tronco & Nu e Antónia
 RICARDO JACINTO (PT)
 Parque
 ROTOZAZA (UK)
 RomCom
 ROTOZAZA (UK)
 Etiquette
 SOTTOMENTITESPOGLIE (IT)
 Performance
 TEATRO DO VESTIDO (PT)
 Carta - Oceano
 TEATRO ALEMÃO NO EXÍLIO (PT)
 Exposição
 TIAGO PORTEIRO (PT)
 Constelações - Residência de Criação
 TINY NINJA THEATRE (USA)
 Hamlet
 PANGEIA INSTRUMENTOS (PT)
 Exposição
 RETROSPECTIVA VIDEOCIRCO (PT)
 Circo
 VIRGÍNIO MOUTINHO (PT)
 Esculturas - Brinquedos volantes
 FESTA DE ENCERRAMENTO
 Jantar e animação
 
 
 
spacer
line