spacer
line
APRESENTAÇÃO 
DESTAQUES 
PROGRAMA 
DETALHES 
NEWSLETTER 
APOIOS 
FICHA TÉCNICA 
CONTACTOS 
 
 
line
line
   DETALHES

TIAGO PORTEIRO (dir)
Constelações (teatro)

Com
Ana Ferreira (PT)
Isabelle Pottiers (FR)
Jorge Parente (PT)
Manuela Ferreira (PT)
Pedro Mendes (PT)

Estreia
7 e 8 de Setembro,
na Praça Velha, Fundão
21h30
15 de Setembro,
Jardim Público, Évora
19h

Residência de criação
1 a 30 de Agosto
Lajes do Pico, Açores
Apresentação informal a 22 de Agosto

Co-produção Município das Lajes do Pico

Sinopse do projecto
Constelações é um espectáculo concebido para espaços exteriores e pensado para (inter)agir com todas as idades e públicos. Nele, opta-se por dar relevância à linguagem gestual (na sua dimensão virtuosística e expressiva), à manipulação de pequenos objectos e à música, tanto na sua vertente instrumental como vocal (o canto e a sonoridade).

O jogo cénico do actor define-se como sendo o elemento preponderante desta proposta. Estruturalmente, o espectáculo apresenta, em diferentes lugares, por exemplo um jardim ou uma praça, quadros isolados, aparentemente sem relação. “O jogo do templo”, “Macht entre ídolos”, “Sempre mais do que tu”, “Consola vídeo”, “O jardim das delícias”, “Dança das bonecas” são alguns dos títulos provisórios que indiciam temas a explorar: Porque é que globalmente o homem joga? Como é que pelo jogo jogado se constróem identidades? Os jogos de ontem não terão mais nada para nos dar? E hoje como jogamos nós? Remetemo-nos cada vez mais para um espaço de menor partilha e virtualidade? Será destas questões que surge a trama dramatúrgica que dá unidade ao espectáculo.

Sem querer avançar respostas, definitivas e unívocas, defende-se que as interrogações sobre a matéria “jogo” surgirão como resultado da colisão dos diferentes quadros. Temos efectivamente necessidade de olhar o “jogo” para lá do seu ângulo habitual, infantil, gratuito e livre…

Em suma, sem nunca perder a dimensão lúdica, o percurso deambulatório que este projecto oferece dentro de um determinado espaço, convida grandes e pequenos a entrar numa “viagem”. Refira-se ainda que a “hospitalidade” que se procura oferecer está também presente no momento da escolha dos actores: parte-se do pressuposto que acolher artistas de diferentes nações europeias, com especialidades diferentes, reunir profissionais com alunos-artistas em formação num mesmo projecto não pode senão criar condições para que um encontro específico se estabeleça. Estou seguro que a metodologia de trabalho definida - questionar diferenças e articular saberes que cada um transporta – irá propiciar a criação de um espectáculo onde o encontro, o prazer e a discussão estarão permanentemente presentes.

Conteúdos temáticos
A noção de jogo, tanto na sua dimensão estrutural (características históricas, culturais e sociais, aspectos espacio-temporais e regulamentares…) como na sua dimensão de atitude mental do jogador, circunscreve o campo temático a explorar. Mais precisamente, pretende-se confrontar jogos e uma atitude lúdica do passado com a situação presente. Sem, por exemplo, cairmos numa visão simplista que olha para o passado de forma nostálgica, é este o eixo a partir do qual se aborda a temática.

Pressupostos artísticos
Três pontos de partida enquadram a proposta:
- do ponto de vista do género, explorar “formas” teatrais consideradas menores, como é o caso do teatro denominado “de feira” onde, entre outros, a dança, o conto, a música, a utilização de objectos têm um papel e um tratamento preponderante e específico;
- do ponto de vista da linguagem, dar relevância à dimensão universal do movimento e do canto. Esta opção de base não exclui a utilização da linguagem verbal;
- do ponto de vista do dispositivo, explorar o espaço circular e uma economia de meio.

A proposta é concebida para espaços exteriores, sem no entanto se excluir a possibilidade de ser adaptável a qualquer outro espaço. Acrescente-se que os aspectos que se acabam de referir pressupõem a procura de um acontecimento teatral que estabeleça uma relação de proximidade com o público.

Director: Tiago Porteiro
O ter escolhido cruzar neste projecto artistas de diferentes nacionalidades justifica-se do seguinte modo: pela possibilidade que isso oferece de confrontar realidades culturais diferentes (facto que arrasta, por inerência, uma viagem no espaço e no olhar); e pelo facto de existir uma cumplicidade artística entre os diferentes intervenientes escolhidos. Dito de outra forma, pelo facto de se partilhar universos e interrogações comuns.
Incluir artistas profissionais com artistas ainda em formação é uma outra especificidade do projecto. Tal opção pressupõe:
- para os estudantes a criação de um terreno de transição entre a formação escolar e a vida profissional;
- para o encenador, o facto de poder reencontrar estudantes com quem já se trabalhou em contexto escolar, permitirá prosseguir e aprofundar “matérias” já abordadas, agora de forma mais integrada.
A articulação entre o carácter de pesquisa e de formação no acto de criação apela a metodologias de trabalho mais explícitas. Essa necessidade é tida como um factor que vem aumentar a exigência na formulação das propostas de trabalho.

Metodologia
Do ponto de vista metodológico este projecto implica, em primeiro lugar, um trabalho de pesquisa preliminar. Identifique-se as grandes fontes a partir das quais os dados de base se constituem:
- projecto de investigação-acção “Des jeux infantins de transmission orales aux jeux circassiens”, já desenvolvido no âmbito do departamento “pesquisa” do CNAC (Centre National des Arts du Cirque), em França, entre 2003-2005.
O facto de ter acompanhado de perto este projecto no quadro do doutoramento que realizei justifica uma tal opção.
Explicitem-se os passos realizados: em primeiro lugar, junto de diferentes escolas do ensino básico da região “Champagne-Ardegne”, desenvolveu-se uma recolha de jogos “tradicionais” que as crianças ainda utilizavam. Com esse material e com os alunos dessas escolas, professores e artistas convidados desenvolveram em seguida projectos de criação. O resultado de toda essa experiência constituiu a “matéria” de base para a criação de um espectáculo que envolveu os alunos da “École Supérieur des Arts du Cirque” e que foi dirigido pelo consagrado artista Nikolaus.
Todos estes procedimentos criaram um vasto e rico banco de dados susceptível de ser ainda revisitado.

- trabalho de pesquisa a desenvolver no território Português, nomeadamente nas Lajes do Pico e no Alentejo, sobre o universo dos jogos de adultos ditos “tradicionais” e sobre os jogos que actualmente jogam as crianças.

O estudo a realizar implica não só a recolha de informação sobre trabalhos já efectuados sobre esta temática, mas também a realização de um trabalho de campo específico, que identifique jogos e analise o contexto social que lhes dá origem e que deles resulta.
Acrescente-se que os resultados desta pesquisa deverão ser confrontados com recolhas menos sistemáticas que os actores, de diferentes nacionalidades, implicados no projecto deverão também efectuar nos seus próprios países.

Passar dos dados existentes à prática artística, passar da reflexão à criação, constitui o desafio para o segundo tempo do trabalho. O processo de “escrita” do espectáculo surgirá a partir de procedimentos de improvisação.

green colecção B
green
tiago porteiro

 

line
spacer
line
 I N D I C E
 ANABELA DUARTE (PT)
 Concerto
 ANDRÉ RANGEL E A-K SIEGEL (PT)
 Projecto Graffonic
 Amarante Abramovici (PT)
 Tiago Afonso (PT)
 Oficina de edição video
 AMÍCAR VASQUES DIAS (PT)
 Ervas e Aromas
 ARTE E JOGO(PT)
 Exposição
 COLECÇÃO B (PT)
 Andamentos
 COLECÇÃO B (PT)
 Campo de Jogos
 COLECÇÃO B (PT)
 Dar que fazer
 COLECÇÃO B (PT)
 Estendal do mundo
 CIRCO: HISTÓRIA(S), IMAGEM(NS),
 PRÁTICA(S) (PT)
 Curso internacional sobre o circo
 FIL ROUGE (FR)
 Oficinas de formação
 FIL ROUGE (FR)
 Lanka
 GALAPIAT (FR)
 Novo circo
 GUILLERMO GÓMEZ-PEÑA (MEX/USA)
 Mapa Corpo
 LITERATURA E HOSPITALIDADE (PT)
 Encontros
 PROJECTO MENA (PT)
 Teatro
 REGINA GUIMARÃES E SAGUENAIL (PT)
 Tronco & Nu e Antónia
 RICARDO JACINTO (PT)
 Parque
 ROTOZAZA (UK)
 RomCom
 ROTOZAZA (UK)
 Etiquette
 SOTTOMENTITESPOGLIE (IT)
 Performance
 TEATRO DO VESTIDO (PT)
 Carta - Oceano
 TEATRO ALEMÃO NO EXÍLIO (PT)
 Exposição
 TIAGO PORTEIRO (PT)
 Constelações - Residência de Criação
 TINY NINJA THEATRE (USA)
 Hamlet
 PANGEIA INSTRUMENTOS (PT)
 Exposição
 RETROSPECTIVA VIDEOCIRCO (PT)
 Circo
 VIRGÍNIO MOUTINHO (PT)
 Esculturas - Brinquedos volantes
 FESTA DE ENCERRAMENTO
 Jantar e animação
 
 
 
spacer
line